COM MARLI DA SILVA

1. Quando você conheceu Jesus e quando O aceitou como seu salvador pessoal?


Na minha infância, tive ensinamentos com uma senhora que nos visitava uma vez por semana para nos ensinar as lições de um livro religioso, mas eu não me interessava muito.

Na adolescência conheci uma família de crentes que me levava para a igreja. O tempo foi passando, me afastei da igreja, mas guardei muitos ensinamentos bíblicos daquela época.

Vivi dispersa por muito tempo, até que conheci uma colega de trabalho que veio a ser como uma irmã para mim. Ela me dizia que tinha uma mãe de santo, que tinha medo de deixar essas práticas, porque seria castigada. Foi nessa época que percebi que ela precisava conhecer o amor de Deus verdadeiramente, assim como eu também precisava.

Começamos a procurar uma igreja onde as verdades bíblicas eram pregadas. Localizamos uma, onde passamos a frequentar os cultos, resultando na nossa decisão ao lado do Senhor Jesus. Aos poucos o Senhor foi nos fortalecendo e nos ajudando para permanecermos no Caminho.

Não sei explicar como aconteceu, porque no meu entendimento milagres não têm explicação.

Lembro-me bem das palavras de Jesus: "Nisto conhecerão que sois os meus discípulos: Se vos amardes uns aos outros." "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado do meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele." (João 14.21)

Fizemos a maior e melhor escola das nossas vidas da qual nunca nos arrependemos. Sem Jesus a vida não faz sentido.

 

2. Você acha possível a vida cristã acontecer separada do envolvimento com uma Igreja?

 

Não, para mim é essencial o movimento com a Igreja.
A igreja é a congregação dos salvos onde adoramos a Deus como família de Deus.

 

3. Você se recorda do dia em que começou a trabalhar na EBAR? Como foi que tudo aconteceu?

 

Duas irmãs da igreja onde congrego e eu estávamos à procura de trabalho. Não me recordo dos detalhes, mas em determinado dia chegamos no escritório da Escola Bíblica do Ar, onde o Pr. Delphino Eugênio Vieira nos recebeu e explicou como era o trabalho. Fui entrevistada e aceita naquele dia. Era o ano de 1987

 

4. De todos os trabalhos que você já realizou na EBAR, qual o seu preferido? Por quê?


Curso por correspondência. Porque estou trabalhando na Seara do Mestre cooperando na divulgação da Palavra de Deus. Sinto, com este trabalho, que muitos têm uma oportunidade ímpar de se relacionarem com as verdades bíblicas e terem suas vidas transformadas.

 

5. Como você gostaria que a EBAR desenvolvesse o trabalho com os cursos bíblicos por correspondência?

 

Nós, da Ebar, enfrentamos muitas dificuldades para o sustento do ministério. Isto impede que possamos oferecer os cursos bíblicos a mais pessoas interessadas e também ampliar o número de cursos para ajudar a todos os que os solicitam.

Se eu pudesse escolher, pensaria em cursos separados por nível de amadurecimento no conhecimento bíblico, outros interativos e, por que não sonhar alto, até cursos a distância ministrados pelo nosso site.

Com toda certeza, este é um grande motivo de oração.

 

6. Para você, ainda há espaço para programas evangélicos de rádio na mídia deste século 21? Por quê?

 

Sim, porque muitas pessoas tem dificuldades para freqüentar uma igreja onde as verdades bíblicas são pregadas. Através do rádio elas recebem ensinamentos bíblicos.

 

7. A EBAR mantém cuidadosamente o fornecimento de cursos bíblicos por correspondência. Você teria alguns exemplos concretos de alunos que têm sido beneficiados com este trabalho? Poderia citá-los?

 

Todos os alunos que solicitam material estão sendo beneficiados, as cartas que nos escrevem demonstram que o trabalho não tem sido em vão. Não são poucos os resultados que temos obtido. Aqui mesmo no site, no setor de testemunhos, pode-se ter uma ideia do quanto nossos cursos não apreciados.

 

8. A EBAR já passou dos 60 anos de idade. Dizem que a experiência traz sabedoria. O que você gostaria que acontecesse com a EBAR nos próximos dez anos?

 

Com base no texto de Rm. 12:2 “Que nos transformemos pela renovação do nosso entendimento, para que experimentemos qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

 

9. Seria possível você nos contar alguma experiência pessoal que teve no trabalho com o nosso fundador, Pastor David Gomes?

 

Não tive muita aproximação com o pastor David porque ele era muito ocupado, eu ficava sempre de longe, fazendo o meu trabalho, mas atenta a tudo o que ele pregava e ensinava.

10. Na sua opinião pessoal, qual a maior contribuição que o Pr. David Gomes deu para o mundo?

A partir das verdades bíblicas que ele ensinou e pregou durante toda a sua vida um número incontável de pessoas foram abençoadas.

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil