O SENTIDO MAIS ELEVADO DA PÁSCOA

A REALIDADE DO PECADO

 

Deus criou o mundo e tudo que nele há e...
“Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom... Então formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e lhe soprou nas narinas o fôlego da vida, e o homem passou a ser alma vivente... E lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás... Então o Senhor fez cair pesado sono sobre o homem... tornou uma das suas costelas... transformou-a numa mulher, lha trouxe... Ora, um e outro, o homem e sua mulher, estavam nus, e não se envergonhavam”. (Gn 1 e 2).

 

Esta certamente; é uma belíssima narrativa do poder de Deus-Criador. Tudo era bom, até que “... a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o Senhor Deus tinha feito” (Gn 3.1) induziu a mulher a comer do fruto proibido por Deus, dando-o também ao homem.

 

“... Abriram-se, então, os olhos de ambos: e, percebendo que estavam nus... Quando ouviram a voz do Senhor Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus “ (Gn 3.7-8).

 

Assim, pela desobediência do primeiro casal entrou o pecado no mundo e por isso foram eles castigados por Deus.

 

“... e à mulher disse: multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez... o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. E a Adão disse: ... maldita é a terra por tua causa... no suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes a terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás... o Senhor Deus, por isso, o lançou fora do jardim do Éden, a fim de lavrar a terra de que fora tomado” (Gn 3.16-23).

O problema do mal ou do pecado na vida humana tem desafiado as mentes dos homens. Norman Grubb simplifica o problema com frase lapidar: “Entendemos mal, como uma atitude oposta ao bem. O pecado decorre da atitude de um ser livre em usar mal a sua liberdade, tomando rumo oposto ao pretendido por Deus”.

 

O que é pecado?
1. Pecado é errar o alvo, é perder o rumo. Adão e Eva perderam o rumo estabelecido por Deus, erraram o alvo.
2. Pecado é desprezar a moral e a santidade.
3. Pecado é rebelar-se contra Deus e contra as coisas de Deus.
4. Pecado é ignorar a lei de Deus, é criar a sua própria lei, como se o homem se tornasse no seu próprio Deus.

 

Vejo aqui o mais desastroso aspecto do pecado. O termo Ânomos marca a desobediência deliberada à lei. Em 2Ts 2.7-12 está descrito o “homem do pecado” e sua marca principal é ignorar a vontade de Deus, criando a sua própria lei. Esta atitude marca desprezo a Deus, autor da lei moral.

 

E cresce o orgulho, a vaidade... Evidentemente, estamos caminhando neste tempo.
Tendo iniciado em Adão, o pecado atingiu todos os homens, pois que “todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus” (Rm 3.23), sendo a morte o salário do pecado (Rm 6.23).

Robert Browning, celebrado poeta inglês, gasta bom número de páginas da sua conceituação filosófica na interpretação do problema do mal. 

 

Segundo ele, qualquer avaliação que fizermos dos problemas do universo; terão de partir do mais alto, isto é, do homem. A chave da compreensão do universo, assim, é o homem. A maior lei é, sem dúvida, a lei do amor. Logo, o problema do mal terá de ser vencido num esquema de amor.

 

É neste sentimento que surge o plano de Deus em Cristo Jesus para redenção do homem perdido:

 

“O dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor” (Rm 6.23);
“Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo” (1Co 15.22).

 

“Vivificados em Cristo” é o sentido da ressurreição. A Páscoa marca a saída de Jesus do túmulo para nunca mais morrer, derrotando para sempre as hostes inimigas.

 

Pela ressurreição de Jesus, o pior que poderia acontecer, a morte, foi enfrentado e vencido e a reconciliação com Deus por Jesus ressuscitado é garantia perene. O verdadeiro crente recebe o testemunho desta segurança pelo poder do Espírito Santo em seu coração.

 

Este é o sentido mais elevado da Páscoa, a realização deste ideal de Deus.

Se desejar o livro Páscoa, Mais que Chocolate completo, peça através do telefone:
(021) 2253-2849 ou pelo site: contato@ebaronline.com.br

 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil