FELICIDADE É PARA TODOS, 1

Iniciamos hoje breve estudo sobre as bem-aventuranças, não necessariamente, as conhecidas do capítulo 5 de Mateus, mas algumas selecionadas para estes momentos devocionais.


Bem-aventurado significa feliz. Se há algo que toda pessoa busca é ser plenamente feliz. Mas muitos não o são, porque felicidade, em seu sentido mais elevado, só pode ser conseguida quando buscada em Deus e em Sua Palavra. A Escola Bíblica do Ar mantém este ministério de mais de seis décadas para dizer a todos que é possível, ainda nesta vida, encontrar e viver a verdadeira felicidade. Os dicionários definem bem-aventurança como grande felicidade, mas não indicam o caminho para tão gloriosa conquista. 


A Palavra de Deus, em Apocalipse l: 3, declara: “Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem a palavra desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo”. Ler, ouvir e guardar a Palavra são os três verbos que constituem a prescrição para um viver melhor. Os que não podem ler podem ouvir. Felicidade não vem por sermos ou não alfabetizados, mas por ouvir e guardar a Palavra. Até os cegos podem ser beneficiados com esta bem-aventurança porque podem ler a Bíblia ou porções da Palavra de Deus em braile. E os que não ouvem têm o privilégio de “ler” a bendita Palavra através da língua dos sinais.


Então, o caminho da felicidade está aberto a quem queira percorrê-lo. 


Muitas vezes o crente pensa que é infeliz, por causa das lutas imensas que enfrenta.  Até o patriarca Jó, que desfrutava de tanta intimidade com Deus, chegou a afirmar, num momento de dor, ao descrever o estado miserável em que caiu: “passou como nuvem a minha felicidade”. E, note-se que ele era homem íntegro diante de Deus, pois a Bíblia declara no prólogo de seu livro: “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus, e desviava-se do mal” (Jó, l.l). Exatamente por isso, foi que teve vitória e foi feliz, pois a Palavra de Deus informa: “E assim abençoou o Senhor o último estado de Jó, mais que o primeiro... Então morreu Jó, velho e farto de dias” (Livro de Jô 42, versos l2 e l7). 


Vemos assim que a suprema felicidade não está relacionada a coisas, conquistas materiais como dinheiro, casas, propriedades, títulos de nobreza, etc., mas a uma íntima relação com Deus, numa busca sincera em conhecê-lo, sujeitando-se a Ele e seus benditos ensinos que são vida, paz e salvação. Um dos mais lindos elogios feitos à Palavra de Deus está no Salmo 19 de autoria de Davi. Ali, a Palavra Santa é chamada de lei do Senhor, testemunho do Senhor, preceitos do Senhor, mandamento do Senhor e temor do Senhor. E no verso 10 do mesmo Salmo, Davi, pensando no grande valor dessa Bendita Palavra, declara: “Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro refinado”. A grande felicidade, portanto, não é tirar a sorte grande na megasena, nem amealhar valores que um dia aqui ficarão, mas ler, meditar, guardar e praticar seus ensinos que dão vida e paz. 


Que o Senhor despertar muitos a tomarem a decisão de buscar a grande e bendita felicidade. A EBAR proclama em seu histórico prefixo: “Enquanto, ó Salvador, teu Livro eu ler, meus olhos vem abrir, pois quero ver da mera letra além, a Ti Senhor”. Felicidade suprema é ver Jesus, andar com Ele, viver para Ele. Eis a bendita esperança do crente, cuja Palavra de Deus é mel ao seu paladar e bússola para sua vida. E não esqueça, felicidade é para todos. 
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil