FELICIDADE É PARA TODOS, 4

“Bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos” (Prov.8.32).


Neste lindo capítulo, Salomão, autor do Livro, apresenta um monólogo da sabedoria, começando o capítulo com a pergunta: “Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não dá a sua voz” (8.1). E a altura do verso 32, a própria sabedoria declara que bem-aventurados, felizes, serão os que guardarem os seus caminhos. É interessante observar que a sabedoria estava com o Senhor, estava ao seu lado e era o seu arquiteto; dia a dia se alegrava continuamente com a presença do Senhor (Prov.8.30). Então, amigos, a verdadeira sabedoria vem de Deus e são muito felizes os que a buscam.


Mas notem que o principio da sabedoria é o temor ao Senhor. Os verdadeiros sábios, filósofos e cientistas são unânimes em afirmar que o conhecimento genuíno e real vem daquele que criou os céus e a terra. Neste maravilhoso monólogo da sabedoria, há uma declaração altamente significativa: “Como é feliz o homem que me encontra... pois todo aquele que me encontra, encontra a vida e recebe o favor do Senhor, mas aquele que mim se afasta, a si mesmo se agride (Prov.8.35-36)”.


Portanto, meu leitor, chegamos a esta conclusão: ou deixamos a Palavra do Senhor e proclamamos a nossa própria sabedoria, ou humildemente reconhecemos que a verdadeira sabedoria está no Senhor Deus e que buscá-lo de todo o coração é o que se impõe para sermos felizes. Tiago, o homem da sabedoria prática e autêntica, pergunta: “Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre bem seu bom trato as suas obras em mansidão e justiça, mas se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis nem mintais contra a verdade: Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica” (Tiago 3.3-l5).


A seguir, o apóstolo, nos oferece sete qualidades da sabedoria, que combinam perfeitamente com a palavra do sábio do passado, o qual declarou que a sabedoria já edificou sua casa e já lavrou suas sete colunas. Tiago dá nome a estas colunas ao dizer que a sabedoria que vem do alto “é primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia”. Quando nos colocamos a examinar os grandes homens e mulheres da Bíblia nos quedamos, admirados, em constatar que muitas dessas qualidades estão ornando suas vidas, tornando-as exemplos para quantos queremos possuir a verdadeira sabedoria.


Mas quando paramos para meditar na vida e no ministério de Jesus, havemos de concordar com o apóstolo Paulo que declara: “Mas nós pregamos a Cristo crucificado... poder de Deus e sabedoria de Deus”. Sabedoria de Deus, porque não existe sábio ou fundador de religião antiga ou moderna que possa declarar, em sã consciência, que é puro, pacífico, moderado, tratável, cheio de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sem hipocrisia. Nosso Mestre e Salvador é perfeito e completo. E mais, está vivo e pode dar de seu Espírito a qualquer que humildemente se renda a Ele, reconhecendo suas culpas e pecados, e prostrado, suplicar-lhe o perdão. Se nunca fez isso, amado, aproveite este momento e faça agora sua decisão de seguir a Cristo, Senhor Eterno e Salvador amado. E lembre-se: Felicidade é para todos.
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil