PARÁBOLAS EM O EVANGELHO DE MARCOS - CAPÍTULO 4 – PARTE 3

V. 14 - O semeador semeia a palavra.
V. 15 - São estes os da beira do caminho, onde a palavra é semeada;
e, enquanto a ouvem, logo vem Satanás e tira a palavra semeada neles.
V. 16 - Semelhantemente são estes os semeados em solo rochoso, os quais, ouvindo a palavra, logo a recebem com alegria.
V. 17 - Mas eles não têm raiz em si mesmos, sendo antes de pouca duração; em lhes chegando a angústia ou a perseguição
por causa da palavra, logo se escandalizam.
V. 18 - Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra,
V. 19 - mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera.
V. 20 -Os que foram semeados em boa terra são aqueles que ouvem a  palavra
 e a recebem,  frutificando a trinta,  a sessenta e a cem por um.

A interpretação da parábola do semeador é dada aqui por Jesus mesmo. Portanto é dispensável qualquer comentário, mas recomenda-se a leitura deste trecho com muita atenção.

V. 21 - Também lhes disse: Vem, porventura, a candeia para ser posta debaixo do alqueire, ou da cama?
 Não vem antes para ser colocada no velador?
V. 22 - Pois nada está oculto, senão para ser manifesto; e nada se faz escondido, senão para ser revelado.
V. 23 - Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.
V. 24 - Então lhes disse: Atentai no que ouvis. Com a medida que tiverdes medido vos medirão também, e ainda se vos acrescentará.
V. 25 - Pois ao que tem se lhe dará; e ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.


Mais uma ilustração é usada por Jesus, agora por meio da parábola da candeia. Esta é a lâmpada da sua época. Ele explica que ela não deve ser colocada em lugar escondido e sim, onde possa iluminar. Com isto ele declara que vem com os seus ensinos para trazer luz  aos homens, como a candeia que vem para clarear o ambiente. A sua missão é revelar a verdade e ensinar a vontade de Deus aos homens. E quando diz que “nada está oculto, senão para ser manifesto e nada se faz escondido, senão para ser revelado”, Jesus está confirmando o propósito de Deus de revelar e manifestar todo o mistério do seu reino por intermédio dele mesmo.


A divulgação do mistério do reino de Deus anunciada por Jesus representa uma oportunidade sem precedentes trazida agora à humanidade. Por isso ele conclui a parábola com um conselho: “Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça”, o que significa: “Prestem muita atenção”. Em seguida ele faz esta advertência: “Com a medida com que tiverdes medido vos medirão também, e ainda  se vos acrescentará”. Com isto ele quer dizer que as parábolas contêm o mistério do reino que será revelado àqueles que considerarem com atenção os seus ensinos. Ainda mais, os que estão aprendendo junto dele e andando em obediência receberão mais revelação pois, “... ao que tem se lhe dará...”. Quanto aos de fora, que não dão atenção mas rejeitam os ensinos das parábolas, e não se aproximam para aprender e andar em obediência, estes não receberão revelação, e até aquilo que ouviram perderão, pois “... ao que não tem, até o que tem lhe será tirado”.


Em última análise, todos serão recompensados de acordo com a medida de importância que derem aos ensinos de Jesus.

Disponível em: evangelhodofilhodeDeus.comunidades.net/capítulo4
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil