CUIDANDO DE NÓS

No capítulo 31 do profeta Jeremias, encontramos a profecia da matança que Herodes havia de decretar para os inocentes, sem culpa alguma, pagassem pela sua incredulidade.

 

“Assim diz o Senhor: uma voz se ouvia em Ramá, lamentação, choro amargo; Raquel chora seus filhos, sem admitir consolação por eles, porque já não existem. Assim diz o Senhor: reprime a sua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor; pois eles voltarão da terra do inimigo” (Jr 31.10-16).

 

Mateus registra o cumprimento desta profecia.

 

“Tendo nascido Jesus em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido Rei dos judeus? Porque vimos sua estrela no Oriente, e viemos adorá-Lo. E o rei Herodes, ouvindo isto perturbou-se e toda Jerusalém com ele” (Mt 2.1-3).

 

Esta, a primeira vez que se fala de alguém que não nasceu príncipe, mas Rei. Foi isto que causou confusão a Herodes, pois no seu orgulho e vaidade não podia admitir um Rei que não fosse ele.


E a história continua...

 

“Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente havia inquirido dos magos. Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias” (Mt 2.16-17).

 

A mente de Deus é tão maravilhosa que Ele previu tudo e os fatos aconteceram de um modo formidável.

 

“... Levanta-te e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar” (Mt 2.13).


José mais uma vez obedeceu à voz de Deus e permaneceu no Egito com Jesus e Maria, até receber a ordem para o retorno.

 

“Morto, porém Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito, dizendo: Levanta-te e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino. Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel”... (Mt 2.19-23).

 

Este chamamento de Deus ao casal que ali sofria, cumpre a profecia de Oséias quando diz: “do Egito chamei a meu filho”. (Os 11.1).

 

Deus tomou as providências de tal maneira que Ele comunicava-se com José e Maria dentro do quadro das revelações especiais, as divinas revelações. É Deus protegendo o Seu Filho, O Messias.

 

Da mesma forma, Deus tem cuidado de nós.

 

Certa ocasião, um servo do Senhor foi assaltado tendo perdido  o dinheiro que levava para pagamento da firma onde trabalhava, além de documentos. Contou-me então que estava procurando trabalho para aumentar a venda e a produtividade, exatamente quando houve aquele incidente que o chocou muito e que ele, como crente, disse: “Deus permitiu que acontecesse aquilo para que resolvêssemos nunca mais fazermos pagamento em dinheiro vivo como fizemos até aqui. Agora só utilizamos cheques. Deus permitiu o sofrimento para nos esclarecer uma melhor maneira de agir”.

 

Deus cuidou de Maria, de José e do menino Jesus, levando-o para o Egito e amparando-os lá. Agora, quando os seus inimigos haviam saído da arena, Deus os chama de volta para a Galileia, exatamente para a parte norte do país, cumprindo o que Ele mesmo havia dito: “Ele será chamado Nazareno”.

 

A nossa parte é obedecer, o nosso dever é procurar a vontade de Deus.

A nossa missão é testemunhar do poder de Deus e o nosso privilégio é nos alegrarmos em Deus.

David Gomes
Em: Natal, o Maior Presente
Editora Ebar – adquira o seu exemplar

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil