JESUS RETIRA-SE PARA ORAR

MARCOS 1:35-38   (Lucas 4:42-43)


(Usado com permissão)
http://evangelhodofilhodedeus.blogspot.com.br/

 

V.35 – Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto, e ali orava.
V.36 – Procuravam-no diligentemente Simão e os que com ele estavam.
V.37 –Tendo-o encontrado, lhe disseram: Todos te buscam.
V.38 – Jesus, porém, lhes disse: Vamos a outros lugares, às povoações vizinhas, a fim de que eu pregue também ali, pois para isso é que eu vim.

Depois de um dia cheio de atividades como foi aquele sábado, começando com a cura do endemoninhado na sinagoga e seguindo-se a cura da sogra de Pedro, Jesus ainda deu atendimento a uma multidão que se aglomerou à porta da casa, ao pôr do sol. Eles traziam seus doentes para serem curados. Considerando a natureza humana de Jesus, temos que entender que Ele sentia-se cansado. Devemos também lembrar que os milagres demandavam d’Ele poder espiritual (cf Marcos 5:28-30; Lucas 8:46). Tudo isso fazia com que Ele sentisse necessidade de abastecer as suas forças. Esta é a razão porque Ele se levantou de madrugada e foi a um lugar solitário para orar ao Pai, que era a fonte do Seu poder.
Os discípulos, muito preocupados com a Sua ausência, foram procurá-lo e acabaram descobrindo que era por meio da oração que Ele recebia poder. Tanto que, mais tarde, eles Lhe pediram que os ensinasse a orar (Lucas 11:1-4). No Sermão das Bem-aventuranças Ele dá mais instruções a esse respeito (Mateus 6:5-8).
A comunhão com Deus em oração é muito importante no ministério cristão. Isto pode ser comprovado em Atos 6:4. Nas cartas do apóstolo Paulo nós o encontramos frequentemente em oração, intercedendo pelas igrejas e pedindo as orações dos irmãos a favor do seu ministério (Efésios 6:19-20; Filipenses 1:19-26; II Tessalonicenses 3:1-2).
Neste episódio Lucas observa que as multidões foram até junto d’Ele e insistiam para que não os abandonasse. Ele, porém, contestou dizendo que fora enviado para pregar o Evangelho do reino também a outras cidades. Com toda certeza, a Sua oração naquele dia incluía este Seu propósito.
Aqui já detectamos um mal que se tornou evidente mais tarde e que causou ao Mestre profundo aborrecimento. É o fato das multidões O procurarem por causa de milagres (João 6:26-27).


 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil