JESUS E A QUESTÃO DOS JURAMENTOS

(Usado com permissão)
http://evangelhodofilhodedeus.blogspot.com.br

 

MATEUS 5:33-37

 

V.33 – Também ouvistes que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás rigorosamente para com o Senhor os teus juramentos.
V.34 – Eu, porém, vos digo: De modo algum jureis: Nem pelo céu, por ser o trono de Deus; 
V.35 – nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém, por ser cidade do grande rei; 
V.36 – nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco  ou preto.
V.37 – Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disso passar, vem do maligno.

 

Falar totalmente a verdade em todo tempo é tão arriscado, que só pode fazer isso quem tem total submissão a Deus. Entre os judeus, nos tempos de Jesus, quando a palavra de alguém não era aceita como digna de confiança, esse alguém tentava firmar a sua veracidade por meio de um juramento. Mas esta prática tornou-se rapidamente mecânica, sem efeito e sem sentido no decorrer do tempo. Os Rabinos tentavam combater essa tendência estabelecendo juramentos que pudessem ser confiáveis. Por isto, em um juramento, chamava-se a Deus, a alguém ou a alguma cousa, como o céu ou a Terra, para ser testemunha da verdade que se estava afirmando. Mas ninguém tem poder para comandar o céu, a Terra, Jerusalém ou a própria cabeça, senão somente Deus. Afora Ele, tudo o mais é presunção e falsidade. Com aqueles artifícios é possível enganar alguém inexperiente nessas sutilezas e profanar as cousas sagradas. A passagem de Mateus 23:16-22 complemente este assunto.


Nestes ensinos Jesus não está preocupado com certas circunstâncias em que era requerido o juramento das pessoas (cf Êxodo 22:10-11). Ele está preocupado com uma honestidade tal, que torna desnecessário o juramento. Isto é característica do cidadão do reino dos céus: “Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar, vem do maligno”.


O texto grego nesta frase favorece também a leitura: “provém do mal”. Mas “mal” e “maligno” são expressos pela mesma palavra grega “ponêrós”      (cf Mateus 13:19)
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil