MINISTÉRIO CRISTÃO: SUA MULTIPLICIDADE

Texto bíblico: Rm 12; l Co 12; Ef 4

 

Quando falamos em multiplicidade do ministério cristão o que nos vem à mente é a utilização dos dons espirituais no exercício do serviço cristão.

 

Um texto bíblico é muito claro em relação ao tema: I Coríntios 12:1 a 7 – “Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o SENHOR, senão pelo Espírito Santo. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.”    

 

Também lemos em I Coríntios 12:31 – “Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.”

 

A Bíblia descreve a igreja como o corpo do qual Cristo é a cabeça. Como todo corpo, este também tem seus membros os quais somos nós. Assim, somos membros do corpo de Cristo. Para se tornar membro deste corpo é necessário confiar somente no Senhor Jesus como nosso Salvador. Cada um dos membros de um corpo tem uma função definida. Quando cada membro desempenha bem sua função o corpo tem um bom funcionamento. Quando isso não acontece o corpo fica debilitado.

 

Para que um corpo funcione bem é necessário que cada membro esteja desempenhando bem o seu papel. Com o corpo de Cristo não é diferente. Para que uma igreja local se desenvolva espiritualmente, é necessário que todos os seus membros funcionem no devido lugar que Deus os colocou. Cada um de nós deve se esforçar o máximo possível para executar a tarefa que nos foi designada por Deus. Paulo diz: "Assim como cada um de nós tem um corpo com muitos membros e esses membros não exercem todos a mesma função, assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro faz parte de todos os outros (Rm 12:5,6).

 

Não podemos de deixar de destacar os benefícios do uso dos Dons Espirituais no ministério cristão.

 

Primeiramente os benefícios Pessoais

  • Quando você conhece e usa seu dom espiritual, você descobre sua função.

  • Quando você descobre sua função espiritual, seu ministério será mais direcionado.

  • Quando você conhece sua função espiritual, seu ministério será muito mais frutífero e produzirá alegrias.

  • Você terá maior preparo para o céu.

Temos também os benefícios para a Igreja, tais como:

  • Haverá mais união e harmonia no grupo.

  • Haverá menos orgulho e falsa humildade na igreja.

  • Haverá maturidade e crescimento na Igreja.

E quais os benefícios para o Reino de Deus?

  • Deus será glorificado.

Com respeito aos dons espirituais, três certezas podem ser afirmadas: primeiro, um dom espiritual é uma habilidade para expressar, celebrar, demonstrar e, portanto, comunicar Cristo de um modo que edifique e fortaleça a fé em outros cristãos e faça a Igreja crescer. Em segundo lugar, os dons espirituais podem de modo geral ser classificados em dois grupos: habilidades para falar, e habilidades para prestar ajuda prática com amor. Profecia, ensino e exortação são dons de fala; serviço, doação, direção e demonstração de misericórdia são dons de auxílio.

 

A multiplicidade de ministérios nos leva a pensar na aplicação dos dons. E neste sentido, para o crescimento espiritual do corpo de Cristo precisamos observar algumas regras:

  • Caminhe bem próximo de Cristo cada dia. Os dons espirituais se destinam a pessoas espirituais. Algumas vezes não tenho sentido satisfação em realizar algo para Cristo justamente quando tenho descuidado em minhas relações com Ele.

  • Reúna um grupo de irmãos interessados, talvez incluindo até seu pastor, e procure estudar cuidadosamente o assunto dos dons espirituais. Esse é um passo extremamente importante para dar base a decisões futuras.

  • Esteja disposto a experimentar e aceitar desafios. Se sentir um gentil impulso do Espírito, ou se receber uma incumbência nova ou inédita em sua igreja ou comunidade, não seja tão pronto em dizer não! Se estiver assustado, peça um prazo de um mês para fazer uma tentativa, ao invés de aceitar por um ano, ou então aceite ser vice, ao invés de titular.

  • Depois de ter alguma experiência, consulte seus sentimentos. As tarefas designadas por Deus, de alguma forma, nos trazem satisfação. Mesmo que não se sinta plenamente capacitado, certamente se sentirá realizado depois de fazer algo por si mesmo.

  • Só espere reconhecimento de outros cristãos dirigidos pelo Espírito. Se Deus o tem chamado e capacitado para realizar determinada tarefa, outros membros de Sua família certamente notarão isso. Essa é uma forma de confirmar seu dom. Por outro lado, se não perceber a mínima repercussão, nenhum fruto, e a tarefa continuar lhe parecendo intragável, pode ser sinal de que Deus preferiria tê-lo noutra atividade.

Deus equipa, através do Espírito, as pessoas que devem se tornar canais para que os ricos recursos celestiais atinjam os necessitados – de dentro e de fora da igreja. Uma das mais vibrantes descobertas que um cristão pode fazer é ver o reino de Deus sendo ampliado e humildemente reconhecer: “Deus está me usando.”

 

Lembre-se prezado leitor: servir é espiritual, servir é amar, servir é deixar Deus agir, servir é a função básica de todo o crente.


No reino de Deus, há importantes obras a serem executadas, de tal forma que é fundamental importância exercermos  os dons que o Espírito Santo tem nos concedido, a fim de que o Reino se expanda até os confins da Terra.

 

Que Deus nos ajude nesta tão gloriosa tarefa!

 

Amém!
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes
Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil