A PRÁTICA DA LIDERANÇA CRISTÃ

Texto bíblico: Gênesis Números 27; Mateus 4; Romanos 16


Líder é o indivíduo que chefia, comanda ou orienta em qualquer tipo de ação, empresa ou linha de ideias, segundo o dicionário Aurélio.

 

Inicialmente deve ser esclarecido que o líder não é aquele que faz tudo sozinho, contudo o líder é aquele que sobressai no meio do grupo por possuir uma capacidade inata de fazer com que as pessoas o sigam. O seu principal instrumento para fazer com que os liderados trabalhem é sua capacidade de motivação. O líder influencia pessoas.

 

No campo espiritual a mesma coisa ocorre. A liderança exercida pelo cristão se efetiva quando Deus escolhe a pessoa que Ele quer, de tal forma que este ministro é dirigido e capacitado para administrar a sua obra e o seu povo conduzindo-o como pessoas. 

 

Detalhe importante na liderança cristã é que somente o Senhor é quem levanta líderes no meio do seu povo. A liderança dentro do ministério cristão é um dom, isto é, uma dádiva dada por Deus a determinados servos, para que estes, pelo poder do Espírito Santo, venham a atuar entre os crentes. 

 

Na Bíblia encontramos exemplos de vários líderes que foram comissionados por Deus para uma missão, qual seja, liderar o povo de Deus em diversas situações. Assim, vemos Moisés que foi preparado no Egito e no deserto de Midiã; Josué que foi preparado através do convívio de com o mesmo Moisés; Davi que foi preparado cuidando de ovelhas; Eliseu que foi preparado derramando água nas mãos de Elias; já no Novo Testamento encontramos Timóteo que teve em Paulo uma fonte de inspiração.

 

A prática da liderança cristã enseja a seguinte pergunta: quais as qualidades do bom líder cristão?

 

A primeira qualidade é o amor, pois somente através do amor se pode conquistar o que há de mais precioso num relacionamento, a lealdade. Em I Coríntios 13.2 lemos que “se não tivesse amor, nada seria.” 

 

O líder precisa também ter capacitação divina. “Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens”, conforme Mateus 4.19. 

 

Outro texto que nos leva a pensar em capacitação está em Atos 1.8: “Mais recebereis poder quando o Espírito Santo descer sobre vós; e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda Judeia e Samaria, e até os confins da terra.” 

 

O líder deve ter caráter íntegro, isto é, o seu modo de ser, de sentir, de viver, e de proceder deve ser correto. O caráter está ligado à santificação e à fidelidade do líder no serviço cristão. O líder cristão não pode jamais se esquecer que ele é um servo de Deus, de tal forma que serve a Deus, servindo ao próximo. O líder deve ser uma pessoa possuída de fé e visão, como também deve demonstrar submissão a Deus e submissão aos próprios líderes. Há também que ter autoconhecimento, ou seja, conhece suas próprias habilidades e procura aperfeiçoá-las, para cada vez melhor utilizá-las. Necessário também ser possuidor de autodisciplina, pois o líder, antes de liderar os outros, deve liderar a si mesmo. Obediência é outra característica. Maturidade espiritual, humildade, simplicidade, competência e iniciativa são outros ingredientes necessários para o bom desempenho da liderança.

 

Precisamos de líderes na igreja de Cristo, pois Ele mesmo disse em Mateus 9.37 que a seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.  Jesus olhou para as multidões que o seguiam e comparou-as a um campo pronto para a colheita. Muitos estão prontos para entregar sua vida a Cristo, mas é preciso que alguém lhes mostre como fazê-lo. Jesus nos manda orar para que Deus envie mais pessoas (líderes) para trabalhar como ceifeiros, colhendo almas para Cristo. É frequente orarmos por algo, e Deus responder às nossas orações usando a nós mesmos. Esteja preparado para que Deus use você para mostrar a outras pessoas o Caminho que a Ele conduz: Jesus Cristo.

 

Ser um líder nos moldes de Cristo requer, sobretudo, a misericórdia e a graça do Senhor. Quando Deus nos chama Ele aperfeiçoa sua obra em nossas vidas. Ser um líder que serve, que está à disposição de outrem, não é fácil, requer muita dedicação, preparo e fé.

 

Encontramos na igreja de Cristo muitos que se omitem e não querem trabalhar em prol do evangelho. Como dizem alguns: gostam tão somente de encerrar os bancos. Contudo, existem irmãos que estão dispostos a ajudar o seu pastor e não medem esforços para o crescimento do Reino de Deus. Não precisamos dispor de título eclesiástico, ou seja, ser pastor, ministro de música, ministro de jovens e adolescentes ou ministro de crianças. Todos devem ter a consciência que precisamos somar esforços para que haja crescimento da grei. Assim, Deus levanta líderes para que tudo seja feito com coordenação e sabedoria vinda do alto. Líder requer renúncia, preparo e vontade. 

 

Fundamental para uma boa liderança é que os líderes conheçam a Palavra. O líder deve ser aquela pessoa que examina a Bíblia com o propósito de crescer e ajudar a outros crescerem. A Bíblia deve ser o referencial do líder, por isso, é necessário que cada líder conheça a Palavra de Deus. O desejo de Deus é salvar os homens através de seus pregadores, líderes e pastores e que estes sejam bem instruídos na Palavra para serem aptos a ensinarem a outros. 

 

Não podemos esquecer da ministração de Paulo ao seu filho na fé Timóteo, quando disse: “Tu, porém permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem os tem aprendido, e que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; para que homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra” (II Tm. 3.14-17).

    
Os líderes cristãos devem ter sensibilidade espiritual e perceberem que assim como no tempo do jovem Timóteo, estamos cercados hoje de falsos ensinos. Contudo, não devemos permitir que a nossa sociedade distorça ou coloque empecilhos à eterna verdade de Deus. Neste texto acima a liderança cristã deve ter em mente que deve estudar a Bíblia para que venha a saber como fazer a obra de Cristo no mundo e assim doutrinar bem os seus liderados.

 

Liderar é servir. Jesus nos ensinou isto dizendo em Marcos 10.43-45: “Mas entre vós não será assim; antes, qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso serviçal; e qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos. Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.”

 

Assim, a verdadeira grandeza consiste em servir aos outros. No Reino de Cristo servir aos outros é uma forma de progredir. Os líderes de Cristo precisam perceber que não estão colocados na posição de liderança para satisfazer suas necessidades, porém, ajudar a suprir as necessidades do liderados.

Amém!
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes

11/11/2019

4/11/2019

21/10/2019

Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil