LEMBRANÇAS

Nossa amiga Elizabeth Smith enviou-nos a foto de um boneco que lhe demos de presente há mais de quarenta anos. Está com ela até hoje, nos Estados Unidos, sua terra natal. Na época ela era Beth Doyle, adolescente, filha do querido casal Lonnie e Janell Doyle. Quantas lembranças uma simples foto evocou!


A casa dos Doyle era nosso porto seguro em Manaus. Ali comemos o primeiro tambaqui assado, no aprendizado da deliciosa culinária amazonense. Era um prazer ver o casal Doyle em ação. Ele, às voltas com o barco Eurico Nelson e os projetos de atendimento aos líderes do interior.


Ela, sempre dinâmica, abrindo as portas da casa para acolher os jovens, a quem servia sua " cocoa fudge cake" , a deliciosa torta de chocolate. Beth e David eram os filhos que ainda estavam em casa, antes de seguirem para continuação dos estudos nos Estados Unidos. Uma família hospitaleira, que bênção!


As lembranças foram evocadas pela foto do boneco que seguiu de Porto Alegre para Manaus, num gesto de amizade e gratidão. Nesses tempos de pandemia, é bom trazer à memória o que pode trazer esperança, conforme o escritor bíblico. Fotos e objetos podem nos levar à lembrança de bons momentos, de pessoas que nos fizeram bem, de situações que elevaram nosso espírito.


Paulo escreveu a Timóteo, pedindo que lhe levasse a capa e os livros, especialmente os pergaminhos (2Tim.4.13). Seriam úteis, sim, mas também lhe trariam à memória momentos de boa convivência, de estudos dedicados, de bons resultados na pregação do evangelho.


Que fotos estamos precisando rever? Que objetos queremos contemplar e manusear, para que o peso das más notícias seja obscurecido por lembranças animadoras? Às vezes, é só a foto de um boneco, mas nos faz sorrir e agradecer a Deus por amigos queridos e momentos felizes que ele nos concedeu. (Gladis Seitz)

Publicações Recentes