NÃO QUERO SER ESCÂNDALO

Hoje meditaremos no texto que se encontra no Salmo 69.6: "Não sejam envergonhados por minha causa os que esperam em ti, ó Senhor, Deus dos Exércitos; nem por minha causa sofram vexame os que te buscam, ó Deus de Israel".


Eu era um crente novo, recém-convertido. Fui assistir a um jogo de futebol com os jovens da igreja. Eles xingavam mais do que eu antes de me converter a Cristo. Eles não só falavam palavrões como se iravam com grande raiva. Eu pensei: "Então é assim que os jovens crentes agem? É diferente do que eu fazia lá no mundo: é pior!" Fui falar com um pastor. Ele, experiente, vivido, disse-me: "Nós não devemos olhar para os homens, mas para Deus. Não devemos firmar a nossa fé em pessoas que são pecadoras e imperfeitas. Devemos olhar só para Jesus, pois Ele nunca nos decepcionará." Aquele conselho salvou a minha vida e tornei-me vigilante.


Infelizmente eu também quase fui motivo de escândalo por algumas vezes. Mas o Senhor preservou-me! Lembro-me no trânsito, nervoso com uma fechada de um carro, pareei o meu veículo, abri o vidro e ouvi o motorista a dizer:


"Perdão, pastor, não queria fazer isso". Eu fiquei vermelho. Ele me conhecia e eu nem fazia ideia de quem ele era. E se eu falasse coisas impróprias? Cheguei à seguinte conclusão: todos estão a olhar para nós, aguardando qual será a nossa reação diante da vida, dos fatos, dos aborrecimentos, das injustiças. O meu ex-pastor Manoel Waldemur, dizia sempre: "O crente não se conhece pelas ações, mas pelas reações". E ele tinha razão. Então tomei algumas decisões:


1) Decidi vigiar a minha língua, para que de minha boca somente saíssem palavras que glorificassem a Deus. Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós. (Tt 2:8)

2) Decidi vigiar as minhas reações, buscando tranqüilidade diante das tribulações, esperando em Deus, que sempre tem o melhor. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso. (Tg 5:11)

3) Decidi vigiar os meus pensamentos. Não posso impedir um pássaro de pousar em minha cabeça, mas posso impedi-lo de fazer um ninho. Assim, se um pensamento mau passar pela mente, posso afugentá-lo com a graça do Senhor.


Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Fp 4:8)

Que o querido leitot tome a mesma decisão que eu tomei: buscar na graça de Deus as forças para jamais escandalizar a ninguém. Que Ele nos abençoe. Amém.

Publicações Recentes