O MAIOR

“Venham, vamos construir uma cidade com uma torre que chegue até o céu. Assim, ficaremos famosos e não seremos espalhados pelo mundo.” (Gênesis 11.4) 

 

Conhecemos várias palavras atrevidas em desafio ao Criador, desde a reação de Adão e Eva no Éden. A Bíblia fala dos vizinhos de Ló, do arrogante guerreiro Golias, dos soldados romanos que zombam de Jesus, e até de um dos condenados crucificados ao seu lado. São muitos os tristes exemplos. 

 

Talvez o mais visível venha de todo o povo de Sinar, na região da Babilônia: “vamos construir uma cidade com uma torre que chegue até o céu”. Os insolentes são sempre derrotados. Em Sinar, não pela força, mas pelas simples palavras. Nem os amigos íntimos de Jesus escapam.

 

A esposa de Zebedeu pede de joelhos que seus filhos ganhem distinção no Reino de Deus. Jesus explica que o maior é aquele que serve (Mateus 20). E pouco antes Jesus tinha ilustrado a grandeza com uma criança (Mateus 18)! Por isso é de admirar que um dia Jesus tenha destacado alguém: “De todos os que nasceram de mulher, nenhum é maior que João Batista” (Mateus 11.11). 

 

Uma coisa é pleitear elogio por si mesma. Outra é ser usado como exemplo pelo Mestre que nunca buscou o aplauso dos homens. Por que João? Olhando para o seu jeito, possivelmente não seria o modelo que nós escolheríamos como o maior homem que nasceu. Não foi famoso, viveu isolado, cercado de mistério, pregando uma mensagem dura e cobrando o arrependimento. Mas é ele quem apresenta “o Cordeiro de Deus” (Ev. João 1.29, 36).

 

O maior de todos os homens diz a respeito de Jesus: “Ele deve se tornar cada vez maior, e eu, cada vez menor” (João 3.30). Grande! 
 

FACEBOOK
TWITTER
Please reload

Publicações Recentes
Please reload

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil