CHEGUEM MAIS PERTO

Por ordem do pai Jacó, o filho moço sai ao encontro dos seus irmãos. Estranhos veem que ele está perdido. Ele confirma: “Estou procurando meus irmãos.” São as últimas palavras dele em Canaã registradas na Bíblia.

Ao encontrá-los, é surpreendido, com violência. Os irmãos o vendem como escravo a uma caravana que passa.

Vinte anos depois, a fome obriga muitos a buscar socorro no Egito. Sem saber, os filhos de Jacó estão agora diante do próprio José, conselheiro de confiança do Faraó. Então temem, porque lembram: ”Vimos sua angústia quando ele implorou por sua vida, mas nós o ignoramos” (GN 42.21).

Só que José escolheu honrar a Deus em qualquer circunstância. Ele nunca se rebelou nem reclamou, mesmo quando desprezado pelos irmãos, escravizado, acusado sem provas, preso sumariamente, e esquecido pelo companheiro de prisão que obteve a liberdade.

Quando diz: “Sou eu, José!” os homens perdem a fala. Ele os chama: “Cheguem mais perto! Foi Deus que me mandou para cá, e não vocês!” (Gênesis 45.4)

Desde jovem, José superou obstáculos incomuns. Sua vida, que ocupa boa parte do livro de Gênesis, atesta a soberania de Deus na preservação e crescimento dos hebreus no Egito, preparando-os para a vida como nação, em Canaã, cumprindo a promessa a Abraão.

A vida de José nos ensina que Deus sempre está presente. Quando compreendemos isto, os princípios estabelecidos pela Palavra tornam-se constantes em nossa vida. Inclusive a capacidade de perdoar, característica que nasce do próprio Deus de amor.

Publicações Recentes

Tel.: (21) 2253-2849 / 2223-3288  |  E-mail: contato@ebaronline.com.br

© 2017 Escola Bíblica do Ar - Todos os direitos reservados.​

​Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil