TUDO FORA DO LUGAR NA QUARENTENA

Há bastante tempo resolvi abrir um caderno de oração. Recebi de uma amiga um fichário e pensei: aqui vou registrar meus pedidos de oração. As divisórias serviam para organizar os assuntos: conversão de pessoas, igreja, ministério da Escola Bíblica do Ar, classe da EBD, enfermos, igreja perseguida, agradecimentos, crianças, etc. Tudo funcionou muito bem até que veio a quarentena.


Com ela, a ordem dos pedidos ali registrados parece que deixou de ser funcional. O número de urgências que exigiam atendimento imediato era tão grande que aquelas folhas precisavam ser reorganizadas mais de uma vez ao dia. Bastava olhar o celular e lá ia eu na direção do fichário para acrescentar, clarificar, deletar, redirecionar. Fiquei pensando: como o povo de Deus irá aguentar tanta demanda?


Então, eu me aproximei de Atos 27, que relata o apóstolo Paulo enfrentando uma tempestade real, quando se dirigia a Roma para cumprir a orientação de Deus. É uma história fascinante. Marujos, oficiais, presos, todos com muito medo porque tudo indicava que iriam perecer. O mar não se aquietava. E nem o ânimo do grupo. Somente uma pessoa estava calma, serena: o preso Paulo. Dirigiu-se à tripulação com a autoridade de quem havia estado com o Senhor. Acompanhe: “Portanto, tenham bom ânimo! Creio em Deus; tudo ocorrerá exatamente como Ele disse.” (Atos 27:26 NVT).


Por mais que a nossa vida aparentemente esteja com tudo fora do lugar, na presença do Senhor encontramos paz, segurança e ânimo. Ele cumpre o que promete. Podemos repetir, com segurança, assim: Creio que Jesus está ao meu lado neste momento difícil. Ele prometeu estar comigo: “E lembrem-se disto: estou sempre com vocês, até o fim dos tempos.” (Mt 28: 20b NVT)

Publicações Recentes