ESCUTAREI O QUE DEUS DISSER (Salmo 85)

Estamos a refletir sobre os salmos, escritos há tantos milênios pelos servos do Senhor, inspirados pelo Espírito Santo. Hoje focaremos a nossa atenção no texto do Salmo 85.8, que diz assim: "Escutarei o que Deus, o Senhor, disser, pois falará de paz ao seu povo e aos seus santos; e que jamais caiam em insensatez".

Destacaremos a parte que diz "Escutarei o que Jeová disser". O nome de Deus aqui citado é Jeová, na sua forma aportuguesada. Não há como saber exatamente a pronúncia, uma vez que só foram preservadas as vogais do santíssimo nome do Senhor. Mas o autor queria dizer que daria ouvidos às palavras do Deus verdadeiro.

Jesus Cristo afirmou muitos séculos depois: Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus. (Jo 8:47). No coração de quem verdadeiramente busca um encontro com o Senhor há a disposição de ouvir a voz dEle. Onde escutá-la? Na boca de algum suposto profeta? Nas incompreensíveis falas destes que dizem estar falando em línguas estranhas? Nas orientações de quem afirma ter recebido revelações divinas?

Não. Nós podemos ouvir a voz de Deus nas Escrituras Sagradas, a Bíblia.

Ela é a lâmpada para os pés e a luz para o caminho. Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. (2Pe 1:20).

As Escrituras Sagradas são a voz de Deus para o coração do homem. Nela encontramos tudo o que precisamos saber sobre o Senhor e o Seu caminho de vida eterna. Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. (Js 1:8).

Quem desejar ouvir a voz de Deus deverá conhecer a Bíblia, ouvir a sua leitura, deixá-la falar ao coração. Ela é a única fonte autêntica e credenciada quanto às palavras de Deus. Foi Jesus quem disse: a Escritura não pode ser anulada, (Jo 10:35). Assim, nela encontramos fundamento sólido para conhecer o que Deus deseja que venhamos a conhecer. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; (2Tm 3:16).

Está o leitor disposto a ouvir o que Deus disser? Nem sempre o que Deus tem a dizer é o que gostaríamos de ouvir, assim como os nossos filhos não gostam de tudo o que colocamos à mesa, mas nós sabemos que todo o alimento oferecido é necessário. Assim também devemos ouvir tudo o que Deus diz e obedecer aos Seus mandamentos. Conheça a Bíblia e encontre a autêntica voz de Deus para o seu coração. Que Ele nos abençoe. Amém.

Wagner Antonio de Araújo

Publicações Recentes